Bundas grandes são frequentemente motivo de desejo, isso é fato. Mas, de onde surgiu essa atração? Se fomos colonizados por portugueses, que não usam a palavra bunda, como ela surgiu no vocabulário brasileiro? Qual a maior bunda do mundo? Bundas grandes como sinal de saúde?

Vem conhecer um pouco mais sobre o universo das famosas bundas!

Bunda grande - filme Vida a la diable

De onde vem a atração pelas bundas?

garotas mostrando as bundas grandes - filme party girls hard

As bundas são super valorizadas na cultura ocidental e são um dos maiores fatores de desejo por aí. Mas, por que isso acontece? A Universidade de New South Wales, da Austrália, descobriu que essa obsessão pelas bundas está relacionada ao nosso passado evolutivo.

Os pesquisadores concluíram que a nossa pelve nos distingue dos outros animais. Segundo o biólogo evolucionista Darren Curnoe, por conta do formato da região pélvica podemos ter estabilidade ao andar. Além disso, o quadril aumentou ao longo de nossa evolução.

A diferença substancial entre os homens e mulheres é a largura do quadril. As mulheres têm essa região mais larga, bundas e pernas com mais gordura. Acredita-se que essas características femininas são fatores sexuais evolutivamente selecionados.

A seleção sexual é de extrema importância no reino animal. Segundo essa lógica instintiva, características ligadas à fertilidade ou à habilidades de maternidade/paternidade são as preferidas dos homens e das mulheres. Sendo assim, isso tem relevância para a busca de um parceiro.

Para deixar claro, a bunda não tem nenhuma relação com a fertilidade. Os homens, no entanto, associam o tamanho da bunda a isso, o que pode ser mais uma explicação para essa atração.

Nós somos movidos pelos instintos muito mais do que imaginamos!

A Tribo dos Bundas

Bunda grande da africana que virou atração de circo
africana que virou atração de circo

A origem da palavra “bunda” é discutível, mas sabe-se que é um nome africano. E você sabia que existe uma tribo chamada “os Bundas”? Eles são originários de Angola e foram trazidos ao Brasil na vergonhosa época da escravidão. Desconfia-se que por causa dessa tribo a palavra bunda se popularizou aqui.

Algumas expressões que conhecemos hoje têm raízes neste período de escravidão. Quando os Senhores iam castigar os escravos Bundas, eram introduzidos pedaços de madeira no ânus ou eram dados tapas nas nádegas. Por conta desses castigos, algumas frases que eram ditas se tornaram populares e usadas até hoje como “enfia o pau no bunda”, “bate no/a bunda”, “bunda mole”.

Não se tem comprovado que a palavra bunda ficou associada às nádegas por conta das mulheres com bunda grande da tribo. Isso porque é bem comum mulheres negras africanas terem bundas grandes.

Mas, para ilustrar, a Tribo dos Bundas ainda existe e tem território. Eles estão localizados na província de Moxico em Angola, região onde surgiu a primeira intenção de independência do país, teve os piores conflitos na guerra civil e foi o lugar em que foi assinado o tratado de paz.

A bunda grande e a saúde

bundas grandes - filme Vida a la diable

Calma aí: ter bunda grande é saudável? Bom, segundo pesquisas da Universidade de Oxford da Inglaterra, as gordurinhas da região da bunda protegem o organismo de problemas cardíacos e problemas metabólicos.

Você deve estar se perguntando “mas gorduras não são prejudiciais?”. A gordura presente na bunda é diferente da gordura abdominal, porque absorve ácidos graxos (que fornecem energia) e contém um agente anti-inflamatório que impede a obstrução das artérias.

Essa gordura do quadril está relacionada à produção de hormônio adiponectina, que é responsável pela proteção das artérias e promoção de melhor controle de glicose no sangue.

Não sei se você já reparou que eliminar gordura da bunda e das pernas é mais difícil. Mas isso é benéfico para o corpo, uma vez que ao serem queimadas rapidamente, liberam uma substância que gera inflamação nessa região.

Ou seja, meus queridos, nem toda gordura é maléfica. Exaltemos as bundas grandes, porque elas podem significar boa saúde. E que saúde!

Mais que bundas grandes, as maiores do mundo

Barbie Edwards e a sua "prateleira de bunda"
Barbie Edwards e a sua “prateleira de bunda”

Não basta ter a bunda grande, tem que ser a maior do mundo. Dionne Washington, uma americana do estado do Texas, afirma que tem o maior bumbum do mundo! Ela pesa cerca de 220 KG e 140 são só a bunda.

O bumbum de Dione gera uma renda anual de quase 240 mil reais. Para manter o posto, ela consome em torno de nove mil calorias por dia, o que representa quatro vezes mais que o recomendado. Mas isso não interfere em sua autoestima, pelo contrário.

“Eu não estou preocupada. Eu amo meu corpo e não mudaria nada nele”

Outra americana também quer ser reconhecida. Barbie Edwards quer que o Guinness Book ateste que ela tem a maior “prateleira de bunda” que existe no mundo. A categoria, no entanto, não existe no famoso livro de recordes.

Edwards, de 42 anos, já ganhou mais de 50 mil dólares equilibrando objetos na bunda. O título é apenas mais uma formalidade, visto que o mais importante ela conquistou: amor por seu próprio corpo.

“Eu costumava odiar meus quadris largos e meu bundão, mas, desde que comecei a trabalhar como modelo, a maneira como eu me vejo e me sinto mudou. Minha “bunda prateleira” tem uma carreira agora e eu não quero mudar isso. “

Olha aí as bundas grandes quebrando padrões!!!


Sobre o Autor

Uma mulher em construção com a cabeça em algum lugar do universo.

Visualizar Artigos